FORPLAD discute projeto FUTURE-SE e a situação orçamentária das universidades brasileiras

Promovida pela Regional Norte, com o apoio da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), a 3ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Planejamento e de Administração das Instituições Federais de Ensino Superior (FORPLAD) discutiu esta semana, em Santarém (PA), dois temas estratégicos: o desbloqueio do orçamento das universidades públicas e o projeto FUTURE-SE, do Governo Federal, que também deverá trazer impactos no orçamento das instituições. Os debates foram realizados na terça-feira, 27 de agosto, e resultarão na elaboração de documentos técnicos que serão encaminhados para a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).
 
 
Pró-reitores de Planejamento e Administração debateram a situação orçamentária das universidades e o projeto FUTURE-SE do Governo Federal. 
 

“Vamos sair do Fórum com dois documentos que serão encaminhados para a Andifes, um especificamente sobre a situação orçamentária e outro sobre o FUTURE-SE”, explicou o Coordenador Nacional do FORPLAD, Thiago José Galvão das Neves. “As universidades brasileiras estão passando por um sério contingenciamento com o bloqueio orçamentário que, na realidade, impede todo um trabalho de planejamento que foi feito desde o exercício anterior. Chegamos agora no limite do funcionamento para a maioria das universidades, já que, a partir do mês de setembro, elas não terão mais orçamento disponível para arcar com a maioria dos seus contratos e isso pode colocar em risco as suas atividades”, afirmou.

“As universidades já deveriam ter recebido 66,6% do seu orçamento de custeio e receberam 58% até agora, e apenas 20% de seus recursos de capital, enquanto deveriam ter recebido 66%”, esclareceu Thiago José Galvão das Neves. “Esse é um quadro geral, que tem desdobramentos, que cada dia mais se agrava com a indefinição do governo sobre o desbloqueio, prejudicando o planejamento das instituições”.
 

Future-se – “Tivemos uma excelente discussão sobre o projeto FUTURE-SE. Recebemos palestrantes que fizeram um excelente esclarecimento sobre o impacto desse projeto, dando para todos uma visão mais sistêmica”, explicou o Coordenador Nacional do FORPLAD. Segundo o Coordenador, foi feita toda uma análise dos pontos principais do projeto. Também foi discutido o contexto orçamentário em que o projeto está sendo agora inserido.

“Ao final do FORPLAD, pretendemos encaminhar à Andifes um documento contendo uma análise crítica daquilo que entendemos como sendo riscos inerentes a cada artigo do projeto FUTURE-SE e o quanto isso tem uma correlação com a questão do financiamento da administração da universidade como um todo”, explicou o Coordenador. “Esse é o principal objetivo, inserir mais informações técnicas ao debate para que ele possa ser feito, legitimamente, pelos dirigentes das nossas universidades, que hoje estão vinculados à Andifes”.

 

Fonte: Maria Lúcia Morais - Comunicação/UFOPA.

Foto: Igor Santos - Estagiário - Comunicação/UFOPA.

Data da Notícia: 
quinta-feira, 29 Agosto, 2019 - 16:10